sábado, 6 de novembro de 2010

AUTISMO INFANTIL


O Autismo é um transtorno definido por alterações presentes antes dos três anos de idade e que se caracteriza por alterações qualitativas na comunicação, na interação social e no uso da imaginação.
De acordo com a definição da AUSTIM SOCIETY OF AMERICAM – ASA (1978) ( ASSOCIAÇÃO AMERICANA DO AUTISMO), o autismo é uma inadequacidade no desenvolvimento que se manifesta de maneira grave por toda a vida, aparecendo tipicamente nos três primeiros anos de vida.

OS PRINCIPAIS SINTOMAS:

* Distúrbios no ritimo de aparecimentos de habilidades físicas, sociais e linguística.

* Reações anormais a sensações. As funções ou áreas mais afetadas são: visão, audição, tato, dor, equilíbrio, olfato, gustação e maneira de manter o corpo.

* Fala e linguagem ausentes ou atrasadas. Certas áreas específicas do pensar, presentes ou não.

* Ritmo imaturo da fala, restrita compreensão de ideias. Uso de palavras sem associação com o significado.

* Relacionamento anormal com os objetivos, eventos e pessoas. Respostas não apropriadas a adultos e crianças. Objetos e brinquedos não usado de maneira devida(GAUDERER, 1997, p. 3).

Já de acordo com a definição do DSM-IV-TR (2002), O Transtorno Autista consiste na presença de um desenvolvimento comprometido ou acentuadamente anormal da interação social e da comunicação e um repertório muito restrito de atividades e interesses. As manifestações do transtorno variam imensamente, dependendo do nivel de desenvolvimento e a idade cronológica do indivíduo.

O CID 10 (2000), por sua vez, define o autismo como um transtorno global do desenvolvimento caracterizado por: a) um desenvolvimento anormal ou alterado, manifestado antes da idade de três anos; e b) apresentando uma perturbação característica do funcionamento em cada um dos três domínios seguintes: interações sociais, comunicação, comportamento focalizado e repetitivo. Além disso, o transtorno se acompanha comumente de numerosas outras manifestações, inespecíficas, por exemplo: fobias, perturbações de sono ou da alimentação, crises de birra ou agressividade (auto-agressividade).

4 comentários:

  1. Nathany Cavalcante27 de março de 2011 11:02

    Muito bom seu post, sou estudante de psicologia e vou apresenat um trabalho sobre autismo e me ajudou muito...
    parabéns! bom trabalho

    ResponderExcluir
  2. Olá, gostei muito de seu post, sou estudante de pedagogia e estou escrevendo minha conclusão de curso sobre o autista e sua inclusão nas instituições publicas de educação infantil. Na vd é um estudo de caso...se por acaso tiver mais informações sobre o autimo, sua inclusão na rede e as políticas publicas eu te agradeceria. Um gde abraço e parabéns pela iniciativa de falar sobre este assunto tão importante!!
    Marcia Prates

    ResponderExcluir
  3. Marcia, para que eu possa lhe ajudar, como profissional e mãe de autista terei que saber seu endereço eletrônico, (email) ou alguma rede social.
    Abraços e boa sorte no seu TCC. Grande tema a ser estudado. silvania, mãe do André que está autista.

    ResponderExcluir
  4. isso tudo é novo pra mim,estou dando apoio escolar a uma criança autista agora e preciso de vários suportes mas creio que o principal eu tenho que são amor e dedicação, parabéns pelo trabalho!

    ResponderExcluir

Divulgue este blog sobre o autismo

Divulgue este blog sobre o autismo

Oficinas e Materiais